A Decrease font size. A Reset font size. A Increase font size.

Controle de percevejos da soja: entenda como funciona

Plantação de soja com controle de percevejos aplicado.

Os percevejos da soja são considerados uma das principais ameaças enfrentadas pelos produtores no Brasil. Isso porque a presença destas pragas pode afetar tanto a qualidade do grão e das sementes quanto reduzir significativamente a produtividade da lavoura. 

Por isso, é importante que você faça o monitoramento constante da área cultivada para identificar possíveis ocorrências e, assim, adotar medidas de manejo adequadas.

Neste artigo, iremos apresentar as características dos principais percevejos da soja e as estratégias eficientes para o controle destas pragas. Excelente leitura!

O que são percevejos da soja?

Os percevejos são insetos sugadores que se alimentam da seiva da planta, inserindo o  aparelho bucal, nos ramos, hastes, raízes e vagens.

Portanto, os percevejos das soja, são as espécies que mais frequentemente afetam a cultura da soja. Incluem neste grupo:

  • Percevejo-marrom (Euschistus heros);
  • Percevejo-verde (Nezara viridula);
  • Percevejo-asa-preta-da-soja (Agonoscelis rutila);
  • Percevejo-barriga-verde (Dichelops furcatus);
  • Percevejo da Nabiça (Piezodorus guildinii);
  • entre outros. 

Principais características dos percevejos da soja

Embora cada percevejo apresente características físicas distintas, alguns aspectos são semelhantes ou iguais. Por exemplo, esses insetos pertencem à ordem hemiptera, que é caracterizada por possuir aparelho bucal sugador utilizado para se alimentar da seiva.

Além disso, os percevejos da soja possuem quatro estágios de desenvolvimento: ovo, larva, ninfa e adultos.

Outro ponto importante que deve ser destacado, é a condição climática que favorece a ocorrência desta praga.  Percevejos, no geral, gostam de altas temperaturas, inverno ameno e presença de plantas hospedeiras o ano todo.

Todas essas semelhanças destacam a importância de estratégias de Manejo Integrado de Pragas (MIP) para controlar a infestação e proteger as lavouras de forma eficiente. 

Quais são os danos causados pelo percevejo da soja?

Considerados uma das principais pragas da soja, os percevejos podem ocasionar prejuízos tanto diretos quanto indiretos em uma lavoura. A seguir, explicamos os principais danos causados por estas pragas: 

Redução da produtividade

O ataque dos percevejos da soja pode resultar em uma queda prematura das vagens. Os insetos se alimentam da seiva das plantas, causando danos nos tecidos dos vegetais e enfraquecendo as vagens, o que pode levar à sua queda antes do momento ideal de colheita.

Má formação das sementes

Enquanto sugam os grãos ainda em formação dentro das vagens, os percevejos injetam substâncias que interferem no desenvolvimento adequado desses, resultando em deformações físicas e estruturais, além de facilitarem infecções com fungos ou bactérias. Isso compromete a qualidade desses grãos, que não poderão ser comercializados como sementes, e ainda reduz seu valor de mercado.

Transmissão de doenças

Além dos danos diretos citados anteriormente, os percevejos da soja também são vetores de doenças. Durante a alimentação, eles podem transmitir patógenos às plantas. Essa ocorrência é conhecida como “soja louca”, em que as plantas permanecem verdes por um tempo maior que o ciclo normal, e além do prejuízo com perda de produtividade, ocorre o atraso na colheita.

Como e quando realizar o controle de percevejos da soja

O manejo integrado é a abordagem mais adequada para controlar os percevejos da soja, já que o método integra diferentes estratégias que se complementam e aumentam a eficácia do combate do inseto. 

Nesse sentido, o monitoramento da lavoura deve ser o primeiro procedimento a ser realizado, pois é por meio dele que será possível identificar o nível de infestação da praga e, assim, tomar as medidas necessárias.

Após esta etapa, a adoção de bioinseticidas juntamente com os defensivos químicos é o mais recomendado. Lembre-se de verificar a tabela de compatibilidade, ao fazer isso, você garante um controle mais eficiente e a gestão da resistência aos defensivos normalmente utilizados.

Vale destacar que, a aplicação desses produtos deve ser feita sob orientação de um Engenheiro Agrônomo, garantindo a utilização correta e segura dessas substâncias para proteger as plantas e o ambiente de forma responsável.

Por último e não menos importante, faça o controle das plantas daninhas. Essas ervas indesejadas podem servir como hospedeiras para os percevejos, proporcionando abrigo e alimento para essas pragas.

Garanta uma lavoura equilibrada e produtiva com as soluções da Oligos Biotec

A Oligos Biotec oferece produtos que trazem eficiência e um novo conceito ao controle biológico, promovendo a proteção das culturas sem prejudicar o meio ambiente. Um exemplo é o Beauve 100, um bioinseticida altamente eficaz no combate a uma variedade de pragas, incluindo cigarrinhas, mosca branca, ácaros e muito mais.

Quer maximizar a qualidade do seu produto agrícola, reduzir custos e manter a sua lavoura segura? Entre em contato conosco e conheça as nossas soluções!

Em resumo 

O que o percevejo pode causar na soja?

Os percevejos podem ocasionar prejuízos tanto diretos quanto indiretos em uma lavoura, como redução da produtividade, má formação das sementes e grãos, transmissão de doenças e atraso na colheita (soja louca).

Quais são os percevejos da soja?

Os principais percevejos da soja são:

● Percevejo-marrom (Euschistus heros);
● Percevejo-verde (Nezara viridula);
● Percevejo-asa-preta-da-soja (Agonoscelis rutila);
● Percevejo-barriga-verde (Dichelops furcatus);
● Percevejo da Nabiça (Piezodorus guildinii).

Qual o principal percevejo da soja?

O principal percevejo da soja é o percevejo-marrom (Euschistus heros). A espécie pode gerar perdas significativas na lavoura. Seu monitoramento deve ser iniciado no período de floração da soja e mantido semanalmente.

Este artigo foi útil?
Avalie

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Posts Relacionados

Dicas

Como manejar ácaro-branco na lavoura? Entenda!

O ácaro-branco é uma praga agrícola capaz de causar danos severos às lavouras, principalmente na cultura da soja, do algodão, do feijão e do café. A sua ocorrência costuma afetar o desenvolvim [...]

Dicas

Controle biológico: tudo o que você precisa saber

Graças ao avanço da biotecnologia, o mercado biológico continua promissor no ano de 2021. Segundo pesquisa realizada pela Consultoria Blink Projetos Estratégicos, o setor deve crescer 33%. De acor [...]

Dicas

Fertilidade do solo: 6 dicas para aumentar sua produtividade

Independente do tipo de cultivo, a fertilidade do solo é um dos principais fatores que determinam o sucesso de uma produção agrícola. Assim, é fundamental que os produtores estejam atentos aos n [...]